Diante da crise econômica provocada pelo coronavírus, muitas empresas se viram perdendo faturamento. Em julho de 2020, dados apontaram que mais de 716 mil fecharam suas portas desde o início da pandemia.

Segundo o IBGE, 33,5% das empresas em funcionamento reportaram que a pandemia teve um efeito negativo sobre seu negócio, e 32,9% indicaram diminuição sobre as vendas ou serviços comercializados.

O momento agora é de mudança. “Muito provavelmente teremos uma recuperação da economia em 2021”, prevê Josué Pellegrini, doutor em economia pela Universidade de São Paulo (USP) e diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI).
Separamos 7 dicas para 2021 ser um ótimo ano para as finanças da sua empresa.

Inovação

As empresas tradicionais devem se reinventar para alcançar o sucesso, aliando transformação digital com estratégias, sempre pensando na experiência do consumidor, essencial nos dias de hoje.

Planejamento financeiro rigoroso e eliminação de gastos não essenciais

“É muito desafiador manter a produtividade. Por isso, este momento pode ser a hora ideal para se livrar de dívidas”, sugere o especialista em controle e gestão financeira pela Fundação Getúlio Vargas, diretor da Cronos Capital e especialista em ativos estressados, Cidinaldo Boschini.

Estabeleça novas metas

Um planejamento sem metas é como um mapa sem roteiros. É essencial definir os objetivos e prioridades.

Faça previsões de diferentes cenários

Não conseguimos prever todos os imprevistos, mas se faz necessário imaginar os cenários mais otimistas e os mais pessimistas também, para a empresa estar preparada sem precisar abrir mão das metas traçadas. Além disso, mantenha uma reserva emergencial para estar pronto para lidar com possíveis urgências.

Busque formas alternativas de faturamento

O empreendedor pode também tomar providências para aumentar o seu faturamento, tais como:

  • Promoção de produtos que estão há muito tempo em estoque.
  • Disponibilizar serviços de entrega para manter o nível de compra dos clientes.
  • Diversificar e ampliar as formas de pagamento.
  • Implementar estratégias de divulgação dos seus produtos por meio do marketing digital: facebook, whatsapp, instagram, etc.

Separe as finanças pessoais e empresariais

A separação das finanças pessoais das empresariais pode parecer uma dica básica, mas ela é essencial para o sucesso da gestão financeira empresarial. Mesmo assim, é comum ver empreendedores cometerem esse erro.

Ao separar as finanças pessoais das empresariais, você conseguirá fazer o acompanhamento contínuo das finanças e terá uma percepção real sobre a lucratividade da empresa.

O indicado é que sua empresa tenha uma conta em nome da pessoa jurídica e que você, dono do negócio, possua uma conta particular para seus gastos pessoais.

Economize se for possível, mas não deixe de fazer investimento na hora certa

Oportunidades vem e vão, por isso é tão importante ter uma visão financeira organizada.

A PLANO + é uma empresa especializada em BUSINESS PROCESS OUTSOURCING (BPO FINANCEIRO ou terceirização Financeira), que é uma tendência mundial e está cada vez mais presente nas organizações.

Simplificando, o empresário contrata um fornecedor para executar atividades de sua empresa, com o objetivo principal de aumentar a produtividade e reduzir custos e riscos para o negócio. Este parceiro será capaz de identificar mais claramente oportunidades de otimização e melhoria, contribuindo para o desenvolvimento da sua empresa. O maior ganho do empreendedor em fazer o BPO é estar focado no que realmente importa, o crescimento da empresa e a identificação de melhorias e oportunidades na operação principal.

Aproveite o momento e não perca mais tempo! Procure nossos especialistas! : 11 95142-2066